A história do Dia da Mentira

O dia 1º de abril é mundialmente conhecido como o Dia da Mentira, mas vocês sabem o porquê desta data ser comemorada?

Imagem

Na França a data marcou o fim do ano novo que era comemorado no dia 1º de abril e não em 1º de janeiro. Com o fim das comemorações no primeiro dia de abril, quando o rei Carlos IX adotou o calendário gregoriano, muitas pessoas não aceitaram a mudança e continuaram a comemorar em abril, o que gerou muitas gozações. Eram enviados presentes e convites de festas inexistentes.

As brincadeiras se espalharam pelo Inglaterra e depois para o mundo todo, disseminando assim o Dia da Mentira.

Aqui no Brasil a propagação do 1º de abril ganhou força em Minas Gerais por causa de um periódico chamado A Mentira, que começou a circular em 1º de abril de 1828 com a notícia de que D. Pedro havia falecido, o que foi desmentido no dia seguinte. As publicações seguiram até o ano de 1849.

 

Fonte.

Autores Associados marcará presença na Feira do Livro de Londres

Nos dias 15, 16 e 17 de abril acontecerá a London Book Fair (Feira do Livro de Londres), que trará a Turquia como país convidado. No ano passado foram reunidos mais de 25 mil profissionais do ramo editorial de vários países. A Feira contará com eventos como, Author of the Day (Autor do dia), no qual os autores chamados pela LBF passam o dia dando palestras, assinando livros e posando para fotos com os presentes. Sendo os autores convidados deste ano, William Boyd,  Elif Shafak e  Liz Pichon. E também terá o Centro de Tradução de Literatura, onde serão debatidas e trocadas  informações sobre o mercado de tradução, trazendo publicitários, editores, estudantes, autores e todos os interessados no assunto para participarem dos debates.

A Editora Autores Associados levará alguns livros para expor na Feira, três títulos em espanhol e 12 em português. São eles:

Aurora da vida Maria Aparecida Dellinghausen Motta
Educação: do senso comum à consciência filosófica Dermeval Saviani
Educação Infantil e Percepção Matemática Sérgio Lorenzato
Escuela y Democracia Dermeval Saviani
Escola e Democracia Dermeval Saviani
Furundum! Carlos Rodrigues Brandão
Investigación en Educación Matemática Darío Fiorentini & Sérgio Lorenzato
Investigação em educação matemática Darío Fiorentini & Sérgio Lorenzato
Nômade – Novela Juvenil de Aventuras Carlos Orsi Martinho
Para Aprender Matematicas Sérgio Lorenzato
Para Aprender Matematica Sérgio Lorenzato
Pedagogia Histórico-Crítica Dermeval Saviani
Rosas do tempo Maria Aparecida Dellinghausen Motta
Sonho, Sombras e Super-Heróis Luiz Bras
Uma Didática para a Pedagogia Histórico-Crítica João Luiz Gasparin

Print

Para mais informações sobre a London Book Fair, acesse:  http://www.londonbookfair.co.uk/

Um livro para todos – Os Fundamentos da Relação Afetiva

Por Débora Corigliano – autora do livro Orientado Pais, Educando Filhos

Fazer uma pesquisa sobre um tema tão amplo como a relação afetiva já é um desafio, maior ainda é compilá-lo em um livro. Pois bem, a psicóloga Raphaële Miljkovitch conseguiu com êxito em sue livro Os fundamentos da Relação Afetiva.

O livro apresenta através de exemplos reais como a relação afetiva desde a infância pode influenciar todas as outras relações de afeto ao longo de nossa vida.  O que realmente me encantou foi a forma abordada por Raphaële, que consegue com uma linguagem clara e objetiva nos fazer refletir como lidamos com nossas relações afetivas , seja no contexto de mãe/pai, filha(o), esposa(o), mulher/homem e entre tantas outras situações de vínculos afetivos.

capa_os fundametos da relação afetiva A2.indd

Construir uma relação afetiva e mantê-la é uma tarefa difícil, ao ler este livro pude perceber o quanto o autoconhecimento nos ajuda a pensar e mudar, sempre visando a melhor qualidade no relacionamento. São muitos depoimentos pesquisados pela autora que nos leva a essa reflexão. Ela cita temas como o apego e desapego nas relações, a submissão, o controle, o compromisso, a maturidade entre tantos outros caminhos que uma relação pode percorrer. Conhecê-los e percebê-los nas relações pode ser uma forma de viver melhor e mais feliz!

Um livro indicado ao professor, que constrói relações de afeto ao longo de sua carreira, ao médico que além da cura física precisa oferecer o vínculo de confiança com seus pacientes, ao jovem casal que terá um longo caminho afetivo a percorrer, enfim a todos que vivem uma relação de afeto.

Boa leitura!

Doe um livro para uma cesta básica – Leitura Alimenta

Foi criado um projeto, em parceria da Livraria da Vila com a Cesta Nobre, chamado Leitura Alimenta que visa à inclusão de livros doados nas cestas básicas para incentivar as pessoas que têm acesso restrito a livros a criarem o hábito da leitura, democratizando o acesso aos livros. Muita gente não tem tempo de ler um livro, outras não leem por que não possuem um em casa pelo custo de uma obra.

O projeto foi implantado somente na cidade de São Paulo. Quem quiser doar um livro, basta ir a uma das unidades da Livraria da Vila e colocar o livro escolhido na urna. Caso o doador queira ajudar sem se desfazer de sua coleção, basta comprar um livro virtual – o dinheiro da compra será revertido para a compra do livro real. Se você não for da cidade de São Paulo basta enviar o livro para a Caixa Postal 73007 CEP: 08341-420

Para saber mais sobre o projeto, acesse: http://www.leituraalimenta.com.br

33

Vale-Cultura pode entrar em vigor a partir do meio do ano

Segundo a Ministra da Cultura Marta Suplicy, o Vale-Cultura, em trâmite desde 2009 no Congresso, pode entrar em vigor a partir do segundo semestre de 2013. Em reunião na última segunda-feira (18/02) com representantes de mais de 150 sindicatos patronais no estado de São Paulo, a Ministra fez a apresentação do benefício.

MARTA NA FECOMERCIO

A previsão é de que mais de 18,8 milhões de trabalhadores sejam beneficiados com o Vale-Cultua, que trará uma injeção de R$ 11,3 bilhões/ano ao país na cadeia produtiva cultural.

Para ter direito ao benefício, o empregado deve receber até cinco salários mínimos. O cartão será carregado, todo mês, com um vale de R$50,00 que será cumulativo, caso o trabalhador não gaste todo o seu vale ele não será perdido, acumulando para o mês seguinte. Será descontado 10% do valor (R$5,00) do trabalhador, o restante será custeado pelo empregador. O benefício poderá ser utilizado na compra de livros, CDs, ingressos para o cinema, teatros e shows de música.

Para saber mais sobre o programa, acesse: http://valecultura.blog.br

QUEM SERÁ O PRÓXIMO PAPA?

Papa Bento XVI renunciará dia 28 de fevereiro de 2013. Ele está no cargo desde 2005. Alegando não ter condições físicas suficientes para se manter no papado, ele optou pela renúncia. Ele declara estar consciente da gravidade de sua decisão. O último pontífice a renunciar foi Celestino V em 1224, com apenas cinco meses de pontificado. Gregório XII abdicou a contragosto em 1415 para encerrar uma disputa com um candidato rival à Santa Sé. Outros papas que renunciaram são Ponciano, em 235; Silvério, em 537; João XVIII, em 1009; e Bento IX, em 1045.
Segundo o Vaticano, o motivo de sua renúncia não seria por estar doente.
Até a festa da Páscoa, em 31 de março, o novo Papa deverá ser escolhido.
A VIDA PRIVADA DOS PODEROSOS PAPAS
CURIOSIDADE: A HISTÓRIA DA PAPISA JOANA.
Em sua conta no Twitter Bento XVI declarou: “somos todos pecadores”.

Novela da vida real: Síndrome da Alienação Parental

Na novela Salve Jorge, exibida pelo Globo no horário das 21 horas, há um caso claro de Síndrome da Alienação Parental em um dos núcleos da trama. Nesse núcleo Celso (Caco Ciocler) e Antonia (Letícia Spiller) acabaram de se separar por conta de uma briga causada pela atitude possessiva de Celso. A separação foi bem ríspida, Antonia saiu de casa subitamente, pois não aguentava mais a situação e foi proibida de levar sua filha Raissa (Kiria Malheiros) consigo. Após a briga, Celso passou a ofender a ex-mulher e se fazer de vítima para a filha, dizendo que a mãe abandonou aos dois, que a mãe não gosta mais de Raissa, e até mesmo fala mal de Antonia, fazendo a filha perder a confiança em sua ex-mulher. Ele também passou um tempo recusando uma visita de Antonia à filha, o que a mãe conseguiu depois de muitas conversas. Mas a alienação continua por parte do pai.

celso_raissa

Nos livros da editora Autores Associados Guarda Compartilhada e Síndrome da Alienação Parental, de Denise Maria Perissini da Silva, e Os Fundamentos da Relação Afetiva, de Raphaële Miljkovitch, é mostrado como as brigas entre os pais, como a vivida na novela Salve Jorge, e o abandono às vezes sentido pelos filhos, influenciam as crianças em suas futuras relações na idade adulta. Este é o tema central do livro de Miljkovitch que, a partir de uma pesquisa, aponta como a relação dos pais com as crianças, e até mesmo a relação entre pai e mãe, podem ser de grande influência na vida adulta do bebê ou da criança, que irá projetar tudo que aprendeu na infância inconscientemente na vida adulta. Por exemplo, se seus pais não demonstravam carinho um para o outro e/ou brigavam muito, a criança aprende que para ser e se sentir amada terá sempre que ter demonstrações de carinho. Já se seus pais não lhe davam atenção necessária, o futuro adulto sempre irá se sentir rejeitado nas relações amorosas. Raphaële aponta muitos outros casos de ‘traumas’ pelos quais as crianças passam e que são projetados em sua idade adulta.

Já no livro de Denise Perissini é mostrado como a guarda compartilhada, quando bem desenvolvida, é importante para a formação pessoal da criança. Ela costuma ter um ambiente só dela tanto na casa do pai quanto na casa da mãe, como sua cama, escrivaninha e suas roupas nos dois lugares, a atenção sempre é bem dividida entre os dois e o círculo social e de amizades sempre é maior, em especial quando um dos parentes já está em outra relação com filhos e/ou enteados. Já quando há uma briga pela guarda da criança e constantes alienações por parte do pai e/ou da mãe, a autora também defende (assim como Raphaële Miljkovitch ) que a criança quando adulta tenderá a não conseguir uma relação estável, assim como foi com seus pais.

Assim como na ficção global, hoje em dia é incrivelmente comum muitas famílias reais passarem por esses problemas durante a separação. Estes dois livros servem de auxílio aos pais (e também aos filhos) entenderem melhor como eles são um grande modelo para todas as áreas de formação de seu filho, desde a educação e a moral até a influência nas relações amorosas.

guarda compartilhada_FINAL.indd

Compre Guarda Compartilhada e Síndrome da Alienação Parental aqui.

capa_os fundametos da relação afetiva A2.indd

Pré-venda de Os Fundamentos da Relação Afetiva aqui.

Imagem: divulgação